[Dia Internacional da Mulher]

readwomen

 

Surgido no final do século XIX, nos Estados Unidos e início do século XX, na Europa, o Dia Internacional da Mulher, busca celebrar todas as lutas femininas ao longo dos séculos por melhores condições de vida, sociais trabalhísticas.

E aproveitando a data, convidamos todos os leitores a conhecerem o projeto #leiamulheres, que tem como objetivo dar visibilidade a produção literária feminina.

Projeto #leiamulheres

Durante o ano de 2014, a escritora Joanna Walsh propôs aos seus leitores que ao longo daquele ano eles lessem mais escritoras.

Nascia assim o #readwomen, ou #leiamulheres, em português,  projeto que busca dar visibilidade para a literatura produzida por mulheres. De lá pra cá, a ideia se expandiu para diversos países e no Brasil já possui clubes de leitura com foco na produção literária feminina em quase todos os estados.

Embora as mulheres sejam a maioria dos leitores, a produção literária feminina ainda tem um lugar bastante restrito no mercado editorial. Por isso a importância do #leiamulheres que busca incentivar as pessoas a conhecerem a vasta produção literária das mulheres, que vai desde de obras clássicas a contemporâneas.

*Na imagem, da esquerda para a direita: Joan Didion, Maya Angelou, Clarice Lispector, Anne Rice, Kaui Hart Hemmings, Maria Carolina de Jesus, Lionel Shriver, Marjane Satrapi, Marguerite Duras e Patti Smith.